8.4.09

Sem pódio de chegada ou beijo de namorada

É impossível agradar a todos. Imagine-se como um jogador de futebol, quando ganha a partida, seu time vibra. Mas a torcida adversária fica triste. Portanto, procuro agradar aos que me querem bem, pois eles verdadeiramente torcem pelo meu sucesso.

Dias sim, dias não
eu vou sobrevivendo
sem um arranhão
da caridade
de quem me detesta.

E se a gente levasse a vida com mais humor?
Talvez, a gente descobrisse um jeito mais leve de se relacionar com quem está à nossa volta. Reparando menos nas chatices e mais nos pequenos prazeres.
Abrindo um pouco mais o sorriso. Nem que seja para rir de si mesmo...

Nas noites de frio
é melhor nem nascer
Nas de calor, se escolhe:
é matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros

ESTOU DERRETENDO. A gíria veio dos morros do Rio de Janeiro, mas já
passeia
pelo mundo dos paulistanos. Foi assim com "babado" por exemplo.
Essa expressão não tem ligação direta com o uso de drogas, embora signifique
estou louco de vontade".
Eu uso assim: "Estou derretendo para dançar
naquele clube hoje à noite.
Vamos derreter?

5 comentários:

Valéria disse...

Nem Cristo agradou a todos Fred..a vida é isso, gostei da foto..rs

BeijoOS

Laura disse...

Oi querido,gostei muito do post, certíssimo vc temos que agradar os nossos.

Até mais.

Cá, disse...

Dias sim, dias não
eu vou sobrevivendo
sem um arranhão....


êee coisa boa!

O que foi isso no seu rosto???

=]

A n i n h a a disse...

as vezes eu acho que nós deveríamos nos preocupar menos com o que os outros acham, e também levar uma vida com mais bom humor.
Eu muitas vezes uso de jogo de cintura e educação com as pessoas que não me tratam tão bem, uso de bom humor sempre e procuro encontrar o lado bom das coisas, ou pelo menos um lado realista e te digo querido: eu nãao me estresso com a mesma intensidade que estressava antes.

beiijos

Tatiana disse...

A gente agrada a quem convem sem maiores esforços. Se vc continuar escrevendo, eu continuo lendo e gostando. Não é fácil?

Beijo!