23.11.10

Penas do Tiê

Vocês já viram
Lá da mata a cantoria
Da passarada, quando vai anoitecer
E já ouviram o canto triste da araponga
Anunciando que na terra vai chover
Já experimentaram guabiraba bem madura
Já viram as tardes quando vai anoitecer
E já sentiram das planícies orvalhadas
O cheiro doce das frutinhas muçambê
Pois meu amor tem um pouquinho disso tudo
Que tem na boca a cor das penas do tiê
Quando ele canta os passarinhos ficam mudos
Sabe quem é o amor ?
Ele é você, você, você ...

Folclore (Adaptação de Fagner)
do disco "Manera Frufru"

4 comentários:

Érica disse...

Amei! Lindo!
O amor é esse universo de coisas tão únicas..

bjãO

Lily disse...

A araponga não deveria chorar triste porque vai chover... eu aqui, pedindo a Deus um pouco de chuva.

Beijos!

P.S.: e uma tempestade de verdade seria mais que bem-vinda!
Adorei teu comentário, mas aqui é tão seco...

Karlinha Ferreira disse...

Adorei! Muito bom!

E nosso amor tem um pouquinho de tanta coisa né?
Rs...

Quem dera ás vezes soubessem que aquele que está alheio é o que une todas essas coisas...

Beijo

Valéria Sorohan disse...

Achei lindo Fred. Quero ouvir na voz de Fagner. Deve ser o máximo.

BeijooO'